• Soluções Imigratórias

Google Portugal aposta em turismo e comércio eletrónico



“Queremos contribuir para atingirmos o potencial que todos sabemos que existe aqui”, diz Bernardo Correia.


O turismo e o comércio eletrónico são as grandes prioridades da Google em Portugal para os próximos tempos. “Tentamos alinhar os nossos esforços por aquelas que são as áreas prioritárias para o crescimento da economia portuguesa”, adianta Bernardo Correia, líder da subsidiária portuguesa, em entrevista ao Dinheiro Vivo.


O responsável considera que sobretudo na área de e-commerce ainda é preciso fazer uma grande evolução: cá a taxa de penetração é de 36% junto dos utilizadores de internet, enquanto nos países nórdicos já é superior a 80%.


“Outro problema é a quantidade de portugueses que compram em sites estrangeiros em vez de comprarem em sites nacionais. Queremos acelerar o crescimento do e-commerce em Portugal, até para passarmos de importadores de digital a exportadores de digital”, explica, para acrescentar: “trabalhamos afincadamente com retalhistas de todos os setores de atividade.”


A propósito deste tema, Bernardo Correia confirma que está a olhar para o lançamento do sistema de pagamentos digitais Android Pay no mercado português, mas que de momento não tem “nada a anunciar”.


Já no setor do turismo, a Google diz que trabalha “ativamente” com o governo e o Turismo de Portugal, funcionando as suas plataformas digitais como uma ponte de turistas para o nosso país. “Há Google e YouTube em todo o mundo, e assim podemos dar a conhecer Portugal ao resto do mundo e trazer esses turistas para cá – eles têm impacto económico direto na compra e aquisição de produtos e serviços portugueses.”


O responsável puxa depois dos galões e considera que “nenhuma outra empresa tem feito mais para desenvolver o ecossistema digital em Portugal do que a Google”.


Um estudo apresentado nesta semana diz que a economia digital em Portugal já vale 4,6% do PIB (produto interno bruto), o equivalente a nove mil milhões de euros, e que só a Google tem um impacto direto de 2,5 mil milhões por ano.


“Orgulhamo-nos de ter não só um impacto grande na economia portuguesa, mas também uma presença cada vez mais reforçada através dos investimentos que temos feito em Portugal, seja através da criação de emprego direto no centro de Oeiras [1.300 pessoas] ou através da formação profissional em projetos como o Atelier Digital [de aprendizagem de competências digitais]”.


Bernardo Correia acrescenta que a Google “tem as maiores vantagens do mundo em estar em Portugal” e enumera o talento, as infraestruturas e conectividade, assim como a qualidade e custo de vida em Portugal como fatores que têm ajudado o país a captar, de forma contínua, a atenção da gigante tecnológica. “Também temos tido um ambiente regulatório positivo favorável e pro-digital, não só deste Governo, mas também dos anteriores.”


Fonte: https://www.dinheirovivo.pt/empresas/google-portugal-aposta-em-turismo-e-comercio-eletronico/

0 visualização

Copyright © 2019 | Soluções Imigratórias.